A agência escola de jornalismo para jovens de 16 a 21 anos, Énois, de São Paulo(SP), está realizando uma pesquisa para compreender a dimensão do ambiente e do espaço para profissionais não brancos nas redações de jornais, telejornais, portais e demais empresas e coletivos jornalísticos.

“Com informação, há mais condições de criar consciência da necessidade de tornar o jornalismo mais representativo, influenciando veículos e jornalistas a se responsabilizarem, mudando políticas e comportamentos”, defendem os realizadores da pesquisa no texto introdutório do formulário.

Para colaborar com a iniciativa, é preciso preencher um questionário online que solicita dados como idade, raça, faixa salarial, curso superior cursado, há quanto tempo atua com a profissão, como começou a trabalhar com redação, se sofre ou já sofreu racismo ou preconceito no exercício da profissão e se há ações voltadas à diversidade na redação para qual trabalha. A identificação é possível mas não é obrigatória.

Clique no link para acessar o formulário: http://bit.ly/raçanasredações

Formulário respondido
Eu respondi ao formulário. E você, também vai? Aproveite para compartilhar essas informações com seus colegas de trabalho, caso atue com Jornalismo 😉

Anúncios