Aparentemente árido e bastante complexo, o tema da democratização da mídia no Brasil tem a ver com a vida de todo mundo, porém nem sempre é discutido de forma ampla, tampouco está na agenda de discussões das escolas, imprensa e cotidiano dos(as) cidadãos(ãs). Mesmo assim, é preciso criar meios de trazer à tona esse assunto, para ajudar a facilitar a compreensão sobre o tema e o impacto que ele tem na economia do país, nas relações étnico-raciais, no enfrentamento às violências simbólicas e na garantia do direito à comunicação das pessoas.

Por conta disso, produzi um texto que trata de alguns aspectos ligados à democratização:
– Regulação econômica da mídia;
– Incentivo à produção de conteúdo regional;
– Responsabilização em casos de violação de direitos humanos pela mídia;
– Garantia dos serviços essenciais de comunicação para todos;
– Maior alcance de sinal para as rádios e TVs comunitárias.

Mensalmente, o coletivo Parafuso Educomunicação (grupo que integro, sou cofundador e trabalho desde 2014) tem espaço de publicação no Blog Educação e Mídia, do site do jornal Gazeta do Povo. O blog é uma iniciativa do Instituto GRPCOM, iniciativa do maior grupo de comunicação do Estado do Paraná. E é dessa parceria que surge, em diversos momentos do ano, a oportunidade de publicação de artigos opinativos da minha autoria no blog.

Quer ler o texto completo? É só acessar o post original no Blog Educação e Mídia! Também tá valendo compartilhar o post pelo seu Twitter e Facebook (:

Anúncios