Click-Oficina-DHs

Tá chegando a hora!

Além de mediar uma oficina educomunicativa de produção de revista digital durante o 16° Encontro Paranaense de Educação Ambiental (EPEA 2017), também tive um trabalho científico aprovado para ser apresentado no Eixo Temático ‘Comunicação e Educação Ambiental’. A apresentação vai acontecer no dia 19 de Maio de 2017 (cai numa sexta-feira), na sala 502 do Edifício Dom Pedro II, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), com início às 14h45.

O título do trabalho é ‘Princípios de Educação Ambiental no Projeto Click Parafuso: educomunicação, fotografia e direitos humanos com adolescentes do MST’, onde discuto algumas descobertas que tivemos ao avaliar o processo de gestão e desenvolvimento do projeto, que é realizado pelo coletivo Parafuso Educomunicação — grupo do qual faço parte e sou cofundador — e pelo Centro Cultural Humaita.

Eu já havia pesquisado sobre princípios de educação ambiental e sido estagiário num projeto dessa natureza quando trabalhei na ONG Ciranda. O trabalho científico em questão, portanto, nasceu de uma intersecção e interesse por essas duas temáticas: educação ambiental e educomunicação.

IMG_1336

Me desejem boa sorte com a apresentação! Depois do evento passo aqui de volta pra disponibilizar materiais de referência e o power point utilizado no evento pra quem quiser conhecer melhor o trbalho. Blz?

O projeto Click Parafuso
Durante aproximadamente 18 sábados, o coletivo Parafuso Educom e convidados(as) fomos até a sede do Assentamento Contestado, do MST, na Lapa (PR) para mediar oficinas de fotografia e direitos humanos com adoelscentes e jovens que residem lá. Eles realizaram uma exposição fotográfica no salão Chico Mendes, uma saída para registrar imagens em lugares inusitados do assentamento e coberturas fotográfica da 15ª Jornada de Agroecologia e do evento comemorativo dos 11 anos da Escola Latino Americana de Agroecologia.

Foto por Diego Silva - Click Parafuso

Anúncios