Motivado por um seminário que precisarei apresentar em sala de aula e por alguns artigos que preciso produzir, ando lendo e consultando alguns conteúdos que tem me ajudado bastante nesse processo. Compartilho com vocês quais são esses livros logo abaixo!

convergencia_frente_alta

Quando a cultura pop e o conhecimento científico se juntam
Já havia lido Cultura da Convergência (Editora Aleph), de Henry Jenkins, na época da graduação. Mas quando o professor Rodrigo listou essa obra dentre outras para quem quisesse escolhê-la e apresentá-la para a classe, resolvi reler o livro! Queria ter a experiência de ler novamente aquele material depois de um amadurecimento acadêmico maior. Afinal, o que não me surpreendeu na primeira leitura que pode saltar aos olhos nesse meu novo momento de vida? Assim que possível posto aqui no blog comentários de como foi o seminário, além de disponibilizar o power point com a apresentação completa 😉

Teoria das mídias digitais

E se a gente reunisse as teorias das mídias digitais num lugar só?
Em nove capítulos, Luís Mauro Sá Martino tenta resumir vários conceitos-chave de autores/ pesquisadores que estudam e teorizam sobre a web e as mais diversas vertentes da cultura ciber. Teoria das Mídias Digitais: linguagens, ambientes e redes (Editora Vozes), portanto, acaba sendo um grande painel onde você pode fazer sua consulta inicial sobre o que há de mais relevante nas pesquisas sobre redes sociais, as correlações entre tecnologia e participação social, as críticas em relação à noção de vida conectada, os processos de mediatização da sociedade, interfaces, formas das mídias digitais etc. Achei essencial para pesquisadores de comunicação digital, comunicação e tecnologia, teorias da comunicação e (pq não?) do webjornalismo.

dicionario-de-comunicacao_1

Qualidade versus quantidade de verbetes
No dia 18 de Maio fui à Livraria Cultura, do Shopping Curitiba, pra comprar o Dicionário de Comunicação: escolas teorias e autores (Editora Contexto), já que era algo que queria ter feito desde o ano passado e, só agora, com o professor Rodrigo trazendo o dicionário dele para a sala de aula, que resolvi efetuar a compra, de vez! Infelizmente, não havia mais nenhum exemplar na loja. Fiz o pedido, paguei pela reserva e, assim que chegar disseram que vão me mandar e-mail avisando pra eu ir buscá-lo na Livraria. Esperando ansiosamente 😀

O legal é que, apesar desse dicionário não conter muitos verbetes, as ‘autoridades’ que organizam e os conteúdos que eles trazem certamente são de uma qualidade muito boa. Interessante também como entrada de leitura e uma bússola para incentivar a busca de aprofundamento nas pesquisas dos mais diferentes campos apontados lá.

 

Mês que vem tem mais! O que vou me dedicar a ler em Junho? Boatos de que fechamento de semestre sempre tem intensificação de leituras, hahah. #VamoQueVamo

Anúncios